o dia da Clara

Sónia

A semana que passou foi intensa. Muitos compromissos! Muito calor! E uma festa no parque para organizar!

Na última quinta-feira, a minha pipoca fez 2 anos (…já! 2 ANOS!).

Para celebrar o seu aniversário, convidámos familiares e amigos para uma festa no parque, em modo piquenique! Roupa confortável, mantas (…e vieram mesmo de mantinha debaixo do braço!), jogos, …

A poucos dias da festa, nem tema tinha. Até que a Clara encontrou um cata-vento do mano e ficou fascinada. Pensei. Cata-ventos? Festa no parque? Excelente! Já temos tema para a festa!

Até ao dia, foi uma verdadeira correria! E quem se cruzou comigo, de certeza que percebeu que estava a mil.
Dia 15. O dia da Clara! Logo que acordou, a Clara repetiu vezes sem conta “Paabéns Claa!”, “dois”… toda sorridente e bem-disposta! Muitos ficaram surpresos. Como poderia uma pequenita ter tanta noção que fazia anos e que aquela era a sua festa? A verdade é que fomos antecipando o dia. Antecipar e envolver prepara a criança para situações novas. Deixa-a menos ansiosa e favorece a aquisição de vocabulário que se vai introduzindo e que depois é concretizado no contexto.

Com a Clara conversamos acerca da festa, das prendas, do bolo, das velas, dos convidados,…E até preparamos a festa juntos!
O Martim e a Clara fizeram cata-ventos que pintaram, desenharam, riscaram e cortaram.

E poucos minutos antes dos convidados chegarem, enquanto a mana dormia uma sesta, o Martim participou na decoração do pequeno recanto do parque. Encheu balões, colocou as toalhas, abriu as flores de seda (…com alguns rasgos, mas não faz mal!) e lembrou o pai, não fosse ele esquecer-se, dos cata-ventos! O Martim ficou radiante e todo orgulhoso por estar a contribuir para a preparação da festa da sua maninha e, mais ainda, ao ver o seu cata-vento em cima da mesa!

Tudo pronto!

A Clara chegou! Os convidados foram chegando! E a festa começou!
A Clara aproveitou cada minuto da sua festa. Toda alegre e histérica! Fartou-se de falar, rir e fazer rir! A rainha da festa.
Antes de abrir um presente, corria de lado para lado, a chamar todos as crianças “Meninos!Meninos!” para ter plateia. Até a boneca assistiu!
Adorei ver a minha pipoca tão animada, tão engraçada!
Uma semana de correria que valeu mesmo a pena. Mesmo!

por Sónia